Serviço ajuda a certificar e rastrear origem de produtos

Programa identifica com 99,9% de precisão a origem do animal abatido

ter, 06/05/2008 - 11h14 | Do Portal do Governo

Incubado há um ano e atento às exigências dos países importadores da carne brasileira, o biólogo e pós-doutorado José Luiz Donato criou a Biomicrogen. A empresa atua na área de biotecnologia e certifica lotes de carne suína e de frango a partir da análise de 50 características do DNA.

O serviço permite ao comprador da carne identificar com 99,9% de precisão a origem do animal abatido. Certificar o rebanho aumenta o custo de produção, mas a novidade na área sanitária foi bem recebida pela Associação Paulista dos Criadores de Suínos (APCS), um dos parceiros da Biomicrogen. 

A APCS vê na certificação uma evolução da qualidade do produto brasileiro. Trata-se de uma necessidade e de um pré-requisito para o exportador vender para grandes compradores da carne suína, como a Rússia e o Bloco Europeu.

Donato é ex-aluno da Unicamp e de Harvard. Como empresário, usa a rede de relacionamentos que construiu ao longo de sua carreira acadêmica e profissional para negociar com multinacionais da área frigorífica e órgãos governamentais. “Pretendo ficar incubado três anos e associado à Unicamp, que já abriu e continua me abrindo portas”, comemora Donato.