Leia a íntegra do programa Governador Responde

Programa Governador Responde

seg, 14/03/2011 - 22h01 | Do Portal do Governo

Âncora: A governadora Meire Ribeiro, de Santos, pergunta: quando haverá mais vagas nas UTIs da Baixada?

Geraldo Alckmin: Nós teremos mais 60 leitos de UTI, Meire, na Baixada Santista que vão sendo implantados gradualmente, especialmente no hospital Guilherme Álvaro, em Santos, e hospital Irmã Dulce, na Praia Grande. Nós teremos também, Meire, o ICESP – o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo na Baixada Santista, no Hospital Guilherme Álvaro. Teremos quimioterapia, radioterapia, cirurgia, diagnóstico precoce, tratamento, enfim. Toda parte de Câncer na Baixada Santista. Também teremos na Baixada Santista, Meire, o Hospital Emílio Ribas II lá no Guarujá, onde estava fechado o prédio do antigo Ana Parteira. E também teremos, na Baixada, o Instituto Adolfo Lutz. Então os três institutos de maior prestigio de São Paulo, os três estão indo para a Baixada Santista. Além disso, vamos ampliar a capacidade do hospital de Itanhaém, do hospital de Bertioga, todos eles ampliando muito o número de vagas nos hospitais e o atendimento de suporte a vida nos nove municípios da Baixada Santista. Em Mongaguá também teremos importante investimento para o Hospital Municipal Doutor. Adoniran, também em São Vicente em parceria com o município, e Cubatão nós teremos uma nova Unidade Básica de Saúde. E em Peruíbe, um novo AME, um novo Ambulatório de Especialidades.

Âncora: A Elaine Barbosa de Santo André quer informações sobre o Viva Leite. Ela mora com as duas filhas, uma de 10 meses e outra de seis anos, e com a mãe de 77 anos. E pergunta se consegue por este programa leite para todas.

Geraldo Alckmin: Elaine, a sua mãe pode receber sim o benefício porque o programa Viva Leite abrange também essa faixa etária. Ela pode se cadastrar – e esse cadastramento deve ser feito junto à Prefeitura. Qual é a prioridade? A prioridade é atender crianças de seis meses até 23 meses. Então, a prioridade são as crianças e os idosos com mais de 65 anos de idade de famílias com renda até dois salários mínimos. Cada beneficiário recebe gratuitamente 15 litros de leite por mês, sendo que cada família pode cadastrar no máximo dois beneficiários. O objetivo, Elaine, é oferecer um complemento na alimentação das pessoas de baixa renda com todos os nutrientes necessários, além de gerar emprego e renda no campo. São distribuídos 130 milhões de litros de leite enriquecido por ano; R$ 180 milhões o Governo investe todo o ano. É o maior programa de distribuição de leite, leite fluído, leite enriquecido, leite vitaminado, leite de qualidade para a nossa população. São 625 mil crianças que são atendidas e 85 mil idosos em todo o Estado de São Paulo. Para participar do programa é só ligar para a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios, a Codeagro, no telefone 0800 055 4566. Você também pode conseguir todas as informações pela internet no site www.codeagro.sp.gov.br.

Âncora: Obrigada governador. E você também pode enviar perguntas para o homolog.saopaulo.sp.gov.br na sessão Fale Conosco.

Ouça e leia aqui a transcrição do programa Conversa com o Governador.