Hospital estadual realiza primeiro implante de eletrodo para controle da epilepsia

Técnica, desenvolvida nos EUA, é inédita em hospitais públicos

sex, 09/03/2001 - 11h30 | Do Portal do Governo

O Hospital Brigadeiro da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo realizou nesta semana o primeiro implante de aparelho para tratamento de epilepsia em hospital público brasileiro.
Trata-se de um dispositivo similar a um ‘marcapasso’ cardíaco que, implantado sob a pele e conectado a um nervo craniano, reduz as crises epiléticas. A cirurgia é uma alternativa para portadores da doença que não respondem mais a medicamentos ou não foram curados por intervenção cirúrgica.
A técnica, desenvolvida nos Estados Unidos, estava disponível apenas no exterior e em alguns hospitais particulares. A partir de agora, o dispositivo poderá ser implantado em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Brigadeiro.