Campanha Nacional contra pólio e sarampo começa sábado

Diário do Grande ABC - Santo André - Sexta-feira, 20 de agosto de 2004

sex, 20/08/2004 - 9h36 | Do Portal do Governo

A Secretaria de Estado da Saúde começa neste sábado, a partir das 8h, a segunda fase da campanha contra Poliomielite (paralisia infantil), que será encerrada em 3 de setembro. Só no Grande ABC, 200 mil crianças com menos de cinco anos são esperadas. O objetivo, como nos anos anteriores, é vacinar 95% das 210 mil crianças nesta faixa etária na região.

As metas de vacinação para as cidades da região são: Diadema, 37.387 crianças; Mauá, 34.761; Ribeirão Pires, 8.601; Rio Grande da Serra, 3.576; Santo André, 48.437; São Bernardo, 57.621; e São Caetano do Sul, 8.035. Em todo o Estado o governo pretende vacinar 3,1 milhões crianças. Em 2003 a secretaria vacinou 96,8%.

Cerca de 12 mil postos estarão à disposição da população em todo o Estado. Neste ano haverá simultaneamente a campanha de vacinação contra sarampo, para crianças de 1 a 5 anos de idade. A expectativa é imunizar 173 mil crianças contra a doença na região.

‘Manter as crianças longe de doenças como a pólio e o sarampo, garantindo um futuro mais saudável, é um compromisso do governo paulista. Por isso, esperamos que todos os pais levem seus filhos aos postos de saúde a partir do próximo dia 21 de agosto’, afirma Luiz Roberto Barradas Barata, secretário de Estado da Saúde.

Desde 2000 não é registrado caso autóctone (contraído no lugar de moradia) de sarampo no Estado de São Paulo. Os casos ocorridos em 2001 e 2002, um em cada ano, foram importados do Japão. Já em 2003 não houve nenhuma ocorrência da doença nos municípios paulistas.

Já a paralisia infantil está sem ocorrências em São Paulo desde 1988 – no Brasil desde 1989. No entanto, como o vírus da poliomielite ainda circula em países da África e da Ásia, é fundamental que todas as crianças menores de cinco anos sejam imunizadas anualmente com as duas gotas da vacina Sabin.

Mauá – Neste sábado, um carro de som do Corpo de Bombeiros vai percorrer os bairros de Mauá para informar sobre os locais de vacinação. Profissionais da saúde vão alertar a população sobre a importância da campanha.

Além dos 43 postos fixos, instalados nas 20 unidades de saúde e também nas escolas municipais e estaduais da cidade, haverá dois postos volantes para atender os moradores que vivem em áreas de difícil acesso. Eles funcionarão somente neste sábado, das 8h às 17h.

A relação com os postos de vacinação está disponível no site da Prefeitura de Mauá (www.maua.sp.gov.br).