Iamspe oferece grupo de psicoterapia para dependentes de álcool e drogas

Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo é celebrado nesta terça-feira, 18 de fevereiro; sessões no Hospital do Servidor acontecem semanalmente

ter, 18/02/2014 - 13h35 | Do Portal do Governo

O Serviço de Psiquiatria do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), administrado pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), oferece aos seus usuários dependentes de drogas reuniões semanais, seguidas de consultas individuais (opcionais), para auxiliar no tratamento dos pacientes.

O tratamento é baseado na psicoterapia, cuja finalidade é tratar os problemas da saúde mental, como a toxicomania. Os grupos são formados em média por oito pacientes, dependentes de substâncias psicoativas, como o álcool, a cocaína e o crack.

“Consideramos que a toxicomania não depende da substância. Os alcoólicos muitas vezes acham que a própria dependência é menos grave que as de usuários de outras drogas, o que não é verdade”, explica Alon Faingold, psiquiatra do HSPE.

O médico ressalta que os usuários de drogas ilícitas têm maiores chances de morte em um curto período de tempo, por conta dos componentes dos narcóticos serem mais fatais.

Já o álcool, por ser potencialmente mais lento do ponto de vista orgânico, pode ser ingerido por anos. Com isso, o prejuízo é acumulado de uma forma mais lenta, porém intensa.

“A possibilidade de passar em consulta todas as semanas garante ao paciente um suporte muito maior. O grupo prioriza a liberdade de escolha do paciente, assim ele pode escolher passar em consulta ou não, caso não se verifique alteração psicopatológica que implique em solicitar que ele venha à consulta”, explica.

O consumo do álcool causa alterações no funcionamento do organismo. Essas mudanças podem acontecer a partir do quinto minuto de sua ingestão até atingir seu período máximo, de 30 a 90 minutos depois. Essas características ocorrem no consumo esporádico e em casos de dependência.

Os efeitos imediatos no consumo do álcool podem ser variados, como sonolência, agressividade, irritabilidade, agitação, alteração de equilíbrio e marcha.

Já os principias efeitos tardios se dividem entre câncer do sistema digestivo, cirrose, pancreatite alcoólica, perda de sensibilidade em membros inferiores e demência.

As reuniões ocorrem no 1º andar do Hospital-Dia. A entrada é pela rua Borges Lagoa, 1.635, na capital. Mais informações sobre os encontros semanais pelo telefone (11) 4573-9472.

Iamspe

O Iamspe, autarquia vinculada à Secretaria de Gestão Pública, tem hoje uma das maiores redes de atendimento em saúde para funcionários públicos do país.

Além do Hospital do Servidor Público Estadual, na capital paulista, possui 17 postos de atendimento próprios no interior, os Centros de Assistência Médico-Ambulatorial (Ceamas), e disponibiliza assistência em mais de 100 hospitais e 130 laboratórios de análises clínicas e de imagem credenciados pela instituição, além de 3.000 médicos em 200 cidades paulistas, beneficiando 1,3 milhão de pessoas em todo o Estado.

Do Iamspe