Fórum São Paulo: Governo Presente define novos rumos para a região de So

Encontro reuniu o secretariado estadual e cerca de 2.500 pessoas, entre prefeitos, parlamentares e lideranças da região

sex, 27/06/2003 - 18h00 | Do Portal do Governo


Percorrer todas as regiões do Estado de São Paulo para verificar as prioridades e direcionar os investimentos. Este é o objetivo dos Fóruns ‘São Paulo – Governo Presente’, que teve sua 7ª edição realizada nesta sexta-feira, dia 27, no município de Sorocaba. Representantes de 79 cidades, que compõem a região administrativa de Sorocaba, puderam expor ao governador Geraldo Alckmin e a todo o secretariado estadual as demandas de cada município.

Com a presença de prefeitos, deputados, vereadores, lideranças comunitárias e sindicalistas, o fórum regional reúne as condições ideais para buscar alternativas conjuntas de desenvolvimento. Em Sorocaba, importantes ações sociais foram autorizadas, como a ampliação do Programa Renda Cidadã; convênios para fortalecimento das famílias; instalação de pólo de capacitação dos professores; parceria com universidades privadas para o Programa Escola da Família; construção de moradias populares; instalação de três unidades do Banco do Povo Paulista; e a ampliação da rede de gás natural.

O secretário da Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo, João Carlos de Souza Meirelles, abriu o Fórum no início da manhã e disse que o debate seria centrado na retomada do crescimento da região, para gerar postos de trabalho e renda em cada município. Segundo ele, a região de Sorocaba leva uma grande vantagem devido à infra-estrutura de transporte e a proximidade de grandes centros consumidores e de portos exportadores. ‘Aqui, há rodovias, ferrovias e o aeroporto em Sorocaba, que tem dimensão para decolagem de qualquer tipo de aeronave’, destacou.

Alckmin também elogiou a região de Sorocaba. Ele disse, para cerca de 2.500 pessoas que prestigiaram o evento, que neste local nasceu o verdadeiro Brasil. ‘E hoje começamos um novo ciclo virtuoso para alcançar um grande sonho, que é o crescimento econômico com educação’, destacou. Ele também lembrou que amanhã será inaugurada a interligação das rodovias Raposo Tavares e Castelinho. ‘É uma obra esperada há muitos anos e que irá impulsionar o desenvolvimento de Sorocaba’, observou. O governador disse ainda que dará prioridade para concluir a duplicação da Rodovia Raposo Tavares.

Na área da Segurança Pública, Alckmin anunciou que o policiamento da região será reforçado com mais 584 policiais militares. ‘Estamos remanejando o contingente policial do Estado para as regiões que mais necessitam’, informou. Outro setor destacado foi o da Energia. De acordo com ele, a região já conta com rede de gás natural, que é uma fonte limpa de energia e que apresenta preços competitivos com o botijão de gás. Até o fim do ano, a rede deve chegar a 180 quilômetros de extensão. ‘Outros 57 quilômetros estão previstos para 2004 e há mais 40 quilômetros em estudo de viabilidade para cobrir toda a região’, anunciou.

Na área da Educação, a novidade é a parceria com as universidades privadas para oferecer bolsas a estudantes em dificuldades financeiras. Em contrapartida, os alunos serão monitores nas escolas estaduais, que realizarão atividades esportivas, culturais e de lazer nos fins de semana. ‘Há projetos para todas as áreas de Governo. O secretário da Economia e Planejamento, Andrea Calabi, está aqui para colher informações, fazer o Plano Plurianual de Investimentos e pisar no acelerador’, afirmou Alckmin.

Os Fóruns São Paulo – Governo Presente são marcados por dois pilares: ‘Governo Empreendedor e Educador’ e ‘Governo Solidário e Prestador de Serviço de Qualidade’. O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Lars Grael, foi o representante no âmbito ‘empreendedor e educador’. O painel ‘Governo Solidário e Prestador de Serviço de Qualidade’ foi apresentado pelo secretário dos Transportes, Dario Rais Lopes.

Neste sábado, dia 28, o governador continuará em Sorocaba pela manhã e em seguida visita os municípios de Ibiúna, Itatinga e Porto Feliz.

Rogério Vaquero

M.J.